top of page
  • Foto do escritorClínica Urojaraguá

Tudo o que você precisa saber sobre vasectomia

Método contraceptivo que pode ser adotado pelos homens

O que é a vasectomia?

A vasectomia é um tipo de cirurgia feita para deixar o homem estéril, ou seja, sem a possibilidade de ter filhos ao manter relação sexual com uma mulher. O procedimento consiste em cortar e ligar os tubos que saem dos testículos, os ductos deferentes. É por estes ductos que os espermatozoides passam no momento da ejaculação. Desta forma, a passagem dos espermas será comprometida.


É um procedimento extremamente simples. Imagine uma mangueira de água que cruza todo o jardim. Se esta mangueira receber um corte na metade da sua extensão a água que antes chegava de um lado a outro do terreno, não fará mais o mesmo trajeto. O fluxo de água, a partir do ponto de corte, será interrompido.


A lógica da vasectomia é similar a esta. Interrompemos o fluxo nos ductos para que os espermatozóides não cheguem ao seu destino final.


Como a vasectomia é feita?

Ela é feita com anestesia local, por meio de duas incisões (cortes) na região do escroto. Estes cortes são feitos nas laterais e podem ter de 1 a 2 centímetros de extensão. O médico então, terá acesso aos vasos deferentes. Estes são cortados e amarrados. O procedimento é finalizado com o fechamento dos cortes no saco escrotal.

É uma cirurgia muito tranquila e de rápida recuperação. No primeiro dia do pós-operatório o paciente pode sentir alguma dor na região, que é facilmente controlada com remédios. Já a partir do segundo dia, costuma ser vida normal.


E a vida sexual, como fica?

Costumamos recomendar um período de duas semanas sem relação sexual para garantir a correta cicatrização interna dos ductos. Após este período o paciente pode voltar a manter relações, porém ainda deve fazer o uso de contraceptivos. Pois, ainda ficam espermatozoides no ducto e estes precisam ser eliminados. Aproximadamente dois meses após a cirurgia de vasectomia, o médico irá solicitar um espermograma de controle. Com o resultado deste exame, aí sim o paciente poderá ser liberado de utilizar outros métodos contraceptivos.


Vale lembrar que a vasectomia não compromete o desempenho sexual do paciente, embora alguns homens ainda alimentem este mito. Este procedimento não interfere na produção de hormônios do homem e também não prejudica a ereção. Já que se trata de uma cirurgia bastante superficial, na região da pele do escroto.


Dr. João Bertoli

CRM/SC 16110



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page