top of page
  • Foto do escritorClínica Urojaraguá

Jaraguá do Sul oferece novo tratamento de câncer de próstata pelo SUS

Prostatectomia Radical Videolaparoscópica é procedimento adotado pelo SUS para

tratamento de câncer de próstata em Jaraguá do Sul, a partir de junho de 2023


Por meio de uma parceria entre os médicos urologistas João Bertoli, Matheus Debiasi e o Hospital São José, os pacientes do SUS vítimas de câncer de próstata, terão acesso a um tratamento menos traumático e com recuperação mais rápida. Trata-se da prostatectomia radical videolaparoscópica, um procedimento cirúrgico minimamente invasivo realizado para tratar o câncer de próstata. Nessa técnica, a remoção da próstata é realizada por meio de pequenas incisões no abdômen, através das quais são inseridos instrumentos cirúrgicos e uma câmera de vídeo.


Durante a prostatectomia radical videolaparoscópica, é feita a remoção da próstata, que é a glândula localizada abaixo da bexiga e responsável pela produção do líquido seminal. O objetivo da cirurgia é remover completamente o tumor cancerígeno presente na próstata, enquanto preserva ao máximo a função urinária e sexual do paciente.


A videolaparoscopia é uma técnica que utiliza imagens em alta definição capturadas pela câmera e transmitidas para um monitor, permitindo que o cirurgião visualize a área a ser operada com precisão. Os instrumentos cirúrgicos são inseridos através de pequenas incisões, geralmente menores que 1 cm, o que resulta em menos dor, menor perda de sangue, menor tempo de internação hospitalar e recuperação mais rápida em comparação com a cirurgia aberta convencional, que até então era o procedimento padrão oferecido pelo SUS na cidade.


A prostatectomia radical videolaparoscópica requer habilidades técnicas avançadas por parte do cirurgião, pois a remoção precisa da próstata e a preservação dos nervos que controlam a função sexual são fundamentais para o resultado funcional e oncológico do procedimento. Por este motivo, os cirurgiões João Bertoli e Matheus Debiasi decidiram somar a experiência e trabalhar em conjunto para garantir o sucesso dos procedimentos.


É importante ressaltar que nem todos os pacientes com câncer de próstata são candidatos à prostatectomia radical videolaparoscópica. A decisão sobre o tipo de tratamento mais adequado deve ser feita em consulta com um urologista especializado, que levará em consideração o estágio do câncer, a idade do paciente, a saúde geral e outras características individuais. Entretanto, poder contar com mais esta opção de tratamento é uma conquista para o cidadão jaraguaense.


Dr. Matheus Debiasi




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page